Mundo

Casa Rosada, sede do governo argentino, sofre ameaça de bomba

Crédito: Analia GARELLI/TELAM/AFP

Um esquadrão antibombas está na Casa Rosada, sede do governo da Argentina, devido a uma ameaça, de acordo com emissoras e jornais locais. Um anexo da Câmara dos Deputados foi esvaziado pelo mesmo motivo, segundo o G1. O alerta foi disparado por uma chamada telefônica.

Mais cedo, nesta segunda-feira (13), um homem foi preso ao tentar entrar na Casa Rosada com uma pistola. Francisco Ariel Muñiz, de 36 anos, foi detido. Ele afirmou que teria uma reunião com o presidente Mauricio Macri.


“Ao constar que a audiência com o presidente não existia, o homem tentou deixar a bolsa que continua um revólver Magnum 44 Taurus”, disse, em comunicado, a presidência argentina.