Comportamento

Casa de leilões anuncia venda da “coleção perfeita” de uísque


Mais de 3.900 garrafas de uísques raros adquiridos por um colecionador americano serão negociadas em 2020 pela casa escocesa de leilões Whisky Auctioneer, que afirma que esta é a coleção privada mais importante já colocada à venda.

A Whisky Auctioneer anunciou o leilão do que chama de “coleção perfeita”, composta por garrafas escocesas, irlandesas, japonesas e americanas, algumas delas avaliadas em mais de um milhão de libras.

A venda on-line acontecerá de 7 a 17 de fevereiro e de 10 a 20 de abril.

“O grande tamanho e raridade a transformam em uma das descobertas mais emocionantes do mundo do uísque”, disse o fundador da casa de leilões, Iain McClune.

Um cidadão americano do Colorado, Richard Gooding, falecido em 2014, formou durante décadas a coleção, com viagens frequentes à Escócia e outros pontos do planeta em busca de garrafas especiais para satisfazer sua paixão.

“Ele amava cada aspecto, desde procurar as destilarias de malte até visitá-las e provar os uísques”, explicou a viúva, Nancy Gooding.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

A coleção inclui, entre outros, o uísque Macallan 1926 Fine and Rare, de 60 anos, que tem o recorde mundial de garrafa mais cara já vendida (1,7 milhão de euros em outubro).

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Nua, Cleo Pires exibe tatuagens em novos cliques
+ Nova Honda CG 160 2022, veja as novidades, preço e ficha técnica
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago