Geral

Carta de Einstein com famosa equação vai a leilão por 2,1 milhões reais

Carta de Einstein com famosa equação vai a leilão por 2,1 milhões reais

Carta escrita por Albert Einstein inclui sua equação mais famosa: 'E=MC²' - Reprodução


A equação E = mc², a equação da relatividade, é (quase) tão famosa quanto seu criador, o cientista Albert Einstein. Para não restar dúvidas, é só olhar o valor que uma carta de Einstein com essa equação vai a leilão: o valor inicial estimado em 400 mil de dólares, aproximadamente 2,1 milhões reais. As informações são da Revista Galileu.

Essa equação, elaborada por Einstein em 1905, foi um divisor de águas entre a física clássica e moderna. Ela faz parte da Teoria da Relatividade Restrita. Já a carta é de 1946 e é o quarto documento com a equação da relatividade deixado pelo cientista contendo, de acordo com o Projeto Einstein Papers, do Instituto de Tecnologia da Califórnia e da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Além da carta com a fórmula E = mc², serão leiloadas outras cartas de Einstein com suas equações de campo gravitacional e informações sobre a ascensão de Hitler e o nazismo em 1934.

A carta tinha um destino, o físico polonês-americano Ludwik Silberstein, que era bem cético em relação a algumas descobertas de Einstein, ainda que fosse simpatizante de outra hipótese do alemão, hoje conhecida como Teoria da Relatividade Geral.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago