Mundo

Carta com veneno foi enviada para Trump na Casa Branca

Carta com veneno foi enviada para Trump na Casa Branca

O presidente dos EUA, Donald Trump, fala à imprensa no gramado da Casa Branca antes de partir para Minnesota em 18 de setembro de 2020 - AFP


NOVA YORK, 21 SET (ANSA) – Um envelope com uma substância letal endereçado ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi interceptado pelo serviço postal da Casa Branca.

De acordo com o jornal “The New York Times”, fontes do FBI confirmaram que o pacote tinha a presença de uma substância venenosa identificada como ricina, encontrada naturalmente em sementes da mamona.

A publicação ainda informou que a carta foi enviada de um endereço no Canadá e o veneno foi interceptado antes de chegar na Casa Branca.

As autoridades norte-americanas investigaram o caso e prenderam uma mulher na fronteira entre os Estados Unidos e o Canadá, segundo a mídia local. Ela é a principal suspeita de ter enviado o pacote com a substância letal.

Um episódio semelhante aconteceu em 2013, quando uma carta com ricina foi mandada ao então presidente Barack Obama. O envelope também foi barrado pelo Serviço Secreto do país. (ANSA).

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Sabrina Sato mostra corpo musculoso em clique na floresta
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago