Economia

Carrefour volta a lucrar em 2019, graças a resultados na América Latina e França

Com destaque para operações na América Latina e na França, o Carrefour apresentou lucro líquido de 1,1314 bilhão de euros no ano passado, depois de registrar prejuízo de 582 milhões de euros em 2018. Os dados foram apresentados há pouco pelo varejista por meio do relatório financeiro de 2019. A receita do grupo, no entanto, caiu para 80,67 bilhões de euros, ante 80,77 bilhões de euros no ano anterior.

A empresa também informou que o lucro operacional recorrente foi de 2,09 bilhões de euros no período. Em 2018, havia sido de 1,94 bilhão de euros. O conselho do grupo francês anunciou um dividendo anual de 0,46 de euro – valor que se mantém desde 2018.

Em relação às vendas, o Carrefour destacou uma aceleração para 3,1%, considerando a metodologia de mesmas lojas – em 2018, a expansão havia sido de 1,8%. A receita operacional recorrente do grupo ficou em 2,088 bilhões de euros (alta de 7,4% sobre 2018) a taxas de câmbio constantes. A dívida financeira líquida do grupo foi reduzida em 1 bilhão de euros a taxas de câmbio constantes, para 2,6 bilhões de euros no fim de dezembro de 2019.

América Latina e França – “A melhoria clara dos resultados de 2019 foi impulsionada principalmente pela França e pela América Latina”, trouxe o documento. O relatório apontou que, no país sede, o lucro operacional recorrente da companhia foi de 539 milhões de euros, um aumento de 15,6% em relação a 2018. De acordo com a empresa, todos os formatos contribuíram para a melhoria. Na Europa (ex-França), o lucro operacional recorrente foi de 647 milhões de euros, contra 664 milhões de euros em 2018. A companhia destacou o “sólido desempenho” na Espanha e na Europa Oriental.

Na América Latina, o lucro operacional recorrente cresceu 10% a taxas de câmbio constantes, para 844 milhões de euros. A margem operacional de 5,7% ficou estável. Segundo o relatório, na Argentina, o lucro operacional recorrente está crescendo e agora voltou para o território positivo. No Brasil, o Carrefour ressaltou que, com o forte crescimento de vendas, o ROI aumentou 6,5% a taxas de câmbio constantes. “Isso reflete o sucesso das iniciativas comerciais no Carrefour Retail e Atacadão, bem como o rápido crescimento nos serviços financeiros”

O grupo destacou ainda sua atuação em Taiwan (Ásia), onde a lucratividade voltou a melhorar, segundo a empresa. O lucro operacional recorrente em Taiwan cresceu para 85 milhões de euros, ante 77 milhões de euros em 2018.

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ Leilão tem Camaro por R$ 72 mil e Versa por R$ 22 mil
+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ A história da Rural e da picape F-75, avós dos SUVs brasileiros
+ 5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
+ Hackers brasileiros roubaram dados de clientes em 12 bancos
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior