Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

A influenciadora Carolina Portaluppi, filha do técnico do Flamengo Renato Gaúcho, foi às redes sociais nesta terça-feira para fazer um desabafo sobre os comentários que vem recebendo na web. A influencer pediu empatia de seus seguidores e destacou entender a emoção dos torcedores que estão reclamando em seu perfil.

+ ‘Tá rolando nada’, diz Gabigol sobre foto com Carol Portaluppi
+ Carolina Portaluppi posa de biquíni na praia e fãs shippam com Gabigol
+ Carol Portaluppi posa de biquíni e manda indireta: ‘Boas línguas estão sempre ocupadas’

– Estou sofrendo uma pressão muito grande na internet, entendo os torcedores de todas as torcidas. Sei como é o meio do futebol, sei como são as coisas. Mas estou me sentindo muito pressionada. O que quer que eu faça? Estou até distante. Bem nítido. Não gostaria de ficar distante. Mas minha saúde mental não está legal – disse a influenciadora.

– Sou uma pessoa como qualquer outra. Queria que vocês não confundissem tanto as coisas. E na hora de comentar, pensar. Sei que a gente fala de cabeça quente muitas coisas. Mas tem um ser humano que lê. Estou pedindo empatia, de verdade. Tem horas que parece que não vai dar mais. Que eu não vou aguentar – acrescentou.

– É muito exaustivo, cansativo. Muita pressão lidar com tanta gente apontando, falando coisas que machucam. Na maioria das vezes eu não tenho culpa. Tenho sentimentos, e fico muito triste de ver tanta coisa aqui na internet – completou Carol Portaluppi.

A influenciadora já havia reclamado de comentários ofensivos em suas redes sociais quando Renato Gaúcho foi anunciado como o novo técnico do Flamengo. Carol Portaluppi pediu para que seus seguidores parassem de fazer menções ao atacante Gabigol, dizendo que estavam ‘passando dos limites’.