Economia

Carney, do BoE, descarta uso de “dinheiro de helicóptero”

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Mark Carney, disse hoje que “não vê mérito” no uso de uma medida radical de estímulo conhecida como “dinheiro de helicóptero”. Em coletiva que se seguiu à decisão de política monetária do BoE, Carney descartou a adoção desse tipo de instrumento, que prevê o financiamento direto de gastos públicos por um banco central.

Carney também comentou que os bancos no Reino Unido “não têm desculpa” para não repassar ao clientes o corte anunciado mais cedo na taxa básica do BoE.

O BC inglês cortou sua principal taxa de juros em 0,25 ponto porcentual, à mínima histórica de 0,25%, na primeira redução de juros desde março de 2009. Com informações da Dow Jones Newswires.