O vereador Carlos Bolsonaro, e a mãe dele, Rogéria Bolsonaro, assinaram nesta quinta-feira (26) a filiação ao partido Republicanos. De acordo com o jornal O Globo, os dois estavam em negociação com o partido do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, que busca um vice chancelado pelo presidente Jair Bolsonaro para concorrer à reeleição neste ano.

“Abonamos a filiação do vereador Carlos Bolsonaro e de Rogéria Bolsonaro nesta quinta-feira (26). Estamos felizes com a chegada dos novos republicanos, que vão somar ao nosso projeto”, escreveu Luiz Carlos Gomes, presidente do Republicanos no Rio de Janeiro.

Segundo integrantes do PSL, Rogéria começou a negociar a ida ao Republicanos após perceber que o Aliança pelo Brasil, partido idealizado por Bolsonaro, não estaria homologado a tempo das eleições. Já Carlos Bolsonaro deixou o PSC, partido do governador Wilson Witzel.

Ainda de acordo com aliados de Carlos na Câmara Municipal ouvidos pelo O Globo, o vereador, que chegou a sinalizar uma aposentadoria política, teria mudado de ideia e resolvido concorrer neste ano, filiando-se ao partido de Crivella.