Brasil

Carlos Bolsonaro pagou 70% a menos do valor avaliado pela prefeitura por apartamento, diz jornal

Crédito: Caio César/CMRJ

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) adquiriu um apartamento em Copacabana, no Rio de Janeiro, pagando 70% do valor venal, quantia na qual a Prefeitura estipula um valor para avaliar o imóvel. A informação foi divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

O filho do presidente Jair Bolsonaro comprou o apartamento por R$ 70 mil. Já o valor venal do imóvel era de R$ 236 mil.

Vale lembrar que o valor venal também é utilizado pela prefeitura como medida para calcular os impostos.

Carlos fechou o negócio em 2009 e sacramentou a compra no mesmo cartório em que lavrou a escritura da compra de outro apartamento, no qual o vereador desembolsou R$ 150 mil em espécie. Assim como no apartamento em Copacabana, o parlamentar também pagou menos pelo imóvel.

De acordo com a prefeitura, o apartamento localizado na Tijuca, na capital fluminense, estava avaliado em R$ 213 mil.

A investigação do Ministério Público analisa a suposta prática no gabinete de Carlos Bolsonaro de “rachadinha”.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel