Brasil

Carlos Bolsonaro decide processar Fábio Porchat por danos morais após postagem no Twitter

Crédito: Alan Santos

ESQUEMA O vereador Carlos Bolsonaro viajou ao lado do assessor Tércio Arnaud para a Rússia: negócios suspeitos (Crédito: Alan Santos)

Carlos Bolsonaro (Republicanos – RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (PL), decidiu, nesta segunda-feira (18), processar o comediante Fábio Porchat por uma postagem em redes sociais feita em setembro de 2021.

Em ação de danos morais, o vereador alega que teve sua honra atacada quando o comediante insinuou que os filhos do presidente são corruptos. Além disso, pede indenização de R$ 48.480,00, retratação e retirada das postagens do perfil de Porchat.


“Vocês criticam as ações do presidente Bolsonaro, mas pensa: se você fosse miliciano, corrupto, isolado no poder, tentando aparelhar o estado pra proteger seus filhos corruptos, sem apoio da população, negacionista, você não faria o mesmo? #Empatia”, diz a publicação.

A ação está sendo julgada pelo 1º Juizado Especial Cível da Barra da Tijuca.

Com informações do UOL e Metrópoles