ISTOÉ Gente

Carla Vilhena pede doação para padre e alfineta famosos: “Deixe os ricos com seus discursos”

Crédito: Reprodução/Instagram

A jornalista Carla Vilhena, de 52 anos, usou o seu micro blog no Twitter na noite de ontem (24) e sugeriu que as pessoas doem a quantia que gastariam no Madero para o Padre Júlio Lancelloti, que faz um trabalho de cuidado a população de rua.

“Pegue os 40, 50 ou até 60 reais que você não vai mais pagar pra comer hambúrguer do Madero e doe para o Padre Júlio Lancellotti cuidar do elo mais fraco do nosso estrato social: o povo de rua. Deixe os ricos com seus discursos, você é melhor do que eles”, escreveu Carla na legenda da publicação.

A crítica da jornalista a Madero é referente ao dono da rede de restaurantes , Junior Durski, não ter concordado com as medidas restritivas sobre setores econômicos adotadas para evitar a transmissão do novo coronavírus no Brasil. Em um vídeo compartilhado no Instagram na segunda-feira (23), o empresário afirma que o número de mortes causadas pela doença não será tão grave quanto o de desempregos.

“O Brasil não pode parar dessa maneira. O Brasil não aguenta. Tem que ter trabalho, as pessoas têm que produzir, têm que trabalhar. O Brasil não tem que essa condição de ficar parado assim. As consequências que teremos economicamente no futuro vão ser muito maiores do que as pessoas que vão morrer agora com o coronavírus”, disse Durski.

Na mesma publicação, Vilhena também deu uma alfinetada nos famosos sobre os discursos nas rede sociais.

Confira o post da jornalista em seu perfil oficial no Twitter: