ISTOÉ Gente

Carla Diaz posta imagem de luto nas rede sociais e desabafa sobre coronavírus: “Estou com medo” 

Crédito: Reprodução/Instagram

A atriz Carla Diaz, de 29 anos, usou o seu perfil nas redes sociais para falar sobre o que tem sentindo diante da pandemia do novo coronavírus. Ela se mostrou muito preocupada com a atual situação, desabafou sobre as mortes e revelou o sentimento de medo.

“Chamou a sua atenção eu postar luto? Chamou a sua atenção eu não postar uma foto com a minha mãe?. Pois bem, hoje eu não vou postar uma foto com a minha mãe simplesmente porque tive o privilégio de estar com ela todos esses dias e chorar no colo dela as mortes que estão acontecendo”, escreveu ela, postando uma imagem escrito luto.

E continuou: “Sim, estou emotiva e com medo do hoje, do amanhã, das pessoas, pelas pessoas. Eu sei que vão ter aqueles que vão dizer: mortes sempre aconteceram, sempre vão acontecer. Mas não é possível que isso tudo que está acontecendo não te toque de alguma forma; que vc não tenha parado por algum minuto e pensado no que poderia fazer para ajudar ou mudar a questão de alguma forma. Se vc tem refletido, pensado em porquês ou tentado fazer a sua parte e, mesmo assim,se sentido mal por achar que é pequeno demais, vc não está sozinho. Eu também estou assim, por incrível que pareça, é a primeira vez na vida me senti pequena”.

Confira a publicação da atriz em sua rede social:

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel