O Santos encerrou, nesta segunda-feira, a sua preparação para encarar o Mirassol pela Série B do Campeonato Brasileiro. O técnico Fábio Carille aproveitou os últimos dias para fazer ajustes táticos e também deu destaque para as jogadas de bola parada.

Disposto a iniciar uma nova retomada na competição após a vitória sobre o Goiás, o treinador santista procurou corrigir alguns pontos que vem sendo motivo de preocupação. A bola parada, tanto defensiva como ofensiva, foi ensaiada durante a atividade.

Com 18 pontos em onze rodadas, o Santos tem pela frente um velho conhecido. Pelo Campeonato Paulista, os dois time se enfrentaram pela sétima rodada do Estadual. As lições daquele confronto, que também foi realizado no estádio José Maria de Campos Maia, estão vivas na memória dos jogadores.

O defensor Joaquim lembra da partida, que terminou com o empate de 2 a 2. “Já enfrentamos o Mirassol no Campeonato Paulista e sabemos a dificuldade que vamos enfrentar lá. Agora, pela Série B, o espírito é outro, mas temos que nos empenhar para buscar os três pontos”, afirmou o defensor.

Como uma vitória recoloca o Santos novamente entre os quatro primeiros colocados, Joaquim enfatizou a oportunidade que a equipe santista tem de ganhar posições na tabela. “Vai ser um compromisso muito difícil, mas uma ótima chance de obter um bom resultado”, comentou o atleta.