Economia

Carga tributária é ‘enorme e escorchante’ e Guedes busca solução, diz Bolsonaro


O presidente da República, Jair Bolsonaro, avaliou como “enorme e escorchante” a carga tributária no País e disse que o Ministério da Economia segue em busca de soluções para a questão. “O ministro da Economia, Paulo Guedes, quer a reforma tributária para buscarmos uma solução para isso”, disse Bolsonaro nesta quinta-feira durante evento em São Simão (GO).

“Temos problemas como o diesel. Não é fácil resolver isso daí. Para eu reduzir, zerar, os 35 centavos no litro do diesel por dois meses, fui buscar R$ 2 bilhões e pouco em outro lugar”, afirmou o presidente, sobre o aumento da CSLL para bancos e entidades financeiras para compensar a isenção no combustível. “Ninguém aguenta mais essa escorchante carga tributária dos governos federal, estaduais e municipais. De todos nós, não tem santo aqui”, emendou.

Bolsonaro disse também que “herdou um país com uma dívida enorme”. “Não estou reclamando, mas imaginem vocês se o PT tivesse ganho as eleições”, afirmou o presidente, que reforçou as críticas à legenda e a movimentos sociais.

“Em falar neste partido do mal, há dois anos não se houve falar em MST. Por quê? Fizemos nossa parte. Acabei com dinheiro de ONGs para eles. Algumas boas ONGs foram para o espaço: efeito colateral”, afirmou Bolsonaro ao criticar o espaço destinado para reservas indígenas.

Privatizações


+ Pastor é processado por orar pela morte de Paulo Gustavo
+ Vídeo: Aluno é flagrado fazendo sexo durante aula da UFSC
+ Ao preço de US$ 1.600 por kg, carne Ozaki é a mais cara do mundo



Sobre a pauta de privatizações, Bolsonaro disse que o Executivo tem um “time maravilhoso de ministros e secretários que tudo fazem para que a iniciativa privada, cada vez mais, tenha liberdade e possa investir no Brasil”.

“Afinal de contas, o que a iniciativa privada faz é melhor, é mais rápido e lucrativo”, defendeu o presidente.

Norte-Sul

Nesta quinta-feira, o presidente participou de evento de inauguração de trecho de 172 quilômetros da Ferrovia Norte-Sul, entre os municípios de São Simão (GO) e Estrela D’Oeste (SP), que será operada em parceria com a iniciativa privada. Na cerimônia, o governo também entregou um ponto do ‘Programa Wi-fi na Praça’ do Ministério das Comunicações.

Acompanharam a inauguração os ministros Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Fábio Faria (Comunicações), Onyx Lorenzoni (Secretaria-Geral) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional).

Veja também

+ Receita de bolinho de costela com cachaça
+ Gabriel Medina torna-se alvo de sites de fofoca
+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS