Cultura

Caravanas – faixa a faixa

l Tua Cantiga

É uma música do pianista e


arranjador Cristóvão Bastos. A canção que abre o disco é uma declaração de amor. Ela é toda construída sobre “falsas” rimas, ou rimas aliterantes, que se dão pelo som, como suspiro-ligeiro, nome-perfume e lenço-alcanço.

l Blues Pra Bia

Na segunda faixa de “Caravanas”, Chico demonstra sua intimidade com o gênero – que gerou canções do seu repertório, como

“O Último Blues” (do filme

“A Ópera do Malandro”) ou

“Bancarrota Blues”, em parceria com Edu Lobo para a

peça “O Corsário do Rei”.

l A Moça do Sonho

“A Moça do Sonho” trata do amor impossível, ideal, inalcançável. Entrou no disco porque Chico queria uma canção clássica de sua parceria com Edu Lobo. O arranjo simples, calcado apenas em violão e violoncelo, realça a riqueza harmônica da canção.

l Jogo de Bola

Finalmente, um samba. A música trata do futebol amador, da pelada da qual Chico pratica semanalmente, liderando seu tradicional time, o Politheama. Chico se inspira em Puskas, grande jogador húngaro de 1954.

l Massarandupió

É uma parceria inédita de Chico Buarque com seu neto Chico Brown, de apenas 21 anos. Chico Brown é filho de sua filha Helena e do cantor e compositor Carlinhos Brown. Com arranjo orquestral de Luiz Claudio Ramos, a letra de Chico Buarque descreve a música, as aventuras da infância do Brown, um menino da praia.

l Dueto

Outra parceria familiar. Desta vez, com a neta Clara Buarque, também filha de Helena e Carlinhos Brown. Clara fez parte do grupo vocal Subversos. A canção é mais puxada para o jazz e surpreende pela doçura. Instagram, Telegram, Tinder e Youtube são algumas das palavras proferidas pelo “vovô Chico”.

l Casualmente

Um bolero clássico feito por

Chico e seu parceiro

Jorge Helder. A ideia inicial era que “Casualmente” fosse uma encomenda para um disco que a cantora cubana Omara

Portuondo faria no Brasil.

l Desaforos

Vende a imagem de um ‘vagabundo’ para o qual a desejada jamais vai olhar e que chega a reconfortar-se ao saber que ela profere impropérios contra ele.

l As Caravanas

“As Caravanas” encerra o disco de forma ousada. Trata-se de um crônica carioca inspirada nos conflitos entre policiais e garotos das favelas que são frequentemente acusados de roubos e agressões nas praias da zona sul. “As Caravanas” apresenta arranjos de Luiz Claudio Ramos e tem participação de Rafael Mike, integrante do grupo Dream Team do Passinho.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.