Geral

Cantora gospel agredida já havia registrado quatro BOs contra o marido

Crédito: Reprodução/ Instagram

A cantora gospel Quesia Freitas, filmada sendo agredida em um shopping no Rio, já havia registrado ao menos quatro Boletins de Ocorrência contra o marido, Bruno Feital. As informações são do UOL.

De acordo com o irmão da vítima, o também cantor gospel Juninho Black, que foi quem compartilhou o vídeo com as agressões, Quesia chegou a ficar desacordada em um dos casos, que ocorreu em julho, motivo pelo qual a cantora acabou indo morar com a família em São Paulo.

“Ela chegou a me ligar pedindo socorro, a ligação caiu e não consegui mais falar nem com ela nem com ele [o marido]. Eles tiveram uma discussão e ele enforcou ela até ela desmaiar. Ela acordou e conseguiu sair correndo e pedir socorro. Fez um boletim de ocorrência, foi para São Paulo e deu entrada no divórcio, mas ele não quis colaborar. Ela já estava com medida protetiva”, contou o irmão ao UOL.

Em outra ocasião, no fim do ano passado, Bruno entrou no estacionamento de um shopping e tirou a mulher de dentro do carro pelo cabelo, segundo Juninho. Ele queria que ela pedisse demissão do emprego em que trabalhava como assistente de uma dentista.

“Ele dizia que mulher dele não trabalha. Ela tentava sair desse relacionamento, mas ele não permitia. Inclusive, ele tinha arma dentro de casa”, disse o irmão da vítima.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

À reportagem, Juninho conta que, enquanto foi casada com Bruno, Quesia perdeu o emprego e também a guarda dos filhos de um casamento anterior. “Os pais não queriam permitir que as crianças ficassem expostas”.

Segundo o irmão de Quesia, o casal teria retomado o relacionamento em setembro, quando a cantora voltou para o Rio de Janeiro por motivos de trabalho. “Ela saiu daqui dizendo que ele não era louco de fazer algo, mas um dia depois postaram uma foto no Instagram com um texto dizendo que retomaram o relacionamento. Nós tentamos falar com ela, mas não conseguimos, só por mensagem. Até que esse vídeo começou a repercutir e as pessoas começaram a questionar se era mesmo a minha irmã.”

Ele conta que Bruno afastou a cantora da família durante o casamento, e que se passava por ela nas mensagens enviadas a parentes, publicava nas redes sociais por ela e não permitia que ela falasse ao telefone com ele e com os pais.

“Ele ia minando nossa relação. A gente ligava e ele dizia sempre que estava tudo bem, que ela estava ocupada e não podia falar. Acredito que ele tenha ido no local de trabalho dela e que ela tenha sido forçada a retomar essa relação.”

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel