ISTOÉ Gente

Cantora de K-pop quebra prêmio sem querer e não esconde decepção

Crédito: Reprodução

Somi, cantora canadense de 19 anos, é uma das grandes apostas do K-pop. Na noite dessa quarta-feira (5), ela ganhou seu primeiro prêmio pela música ‘What You Waiting For‘, que conta com mais de 17 milhões de visualizações no YouTube.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

A entrega foi feita no ‘M!Countdown‘, programa de televisão musical sul-coreado, e que é transmitido pela Mnet. A atração é exibida semanalmente e descobre talentos do gênero musical.

Após ganhar o prêmio, Somi se apresentou com ele nos braços e, sem querer, deixou o prêmio cair no chão. Na sequência, a artista não conseguiu esconder a cara de decepção, sendo consolada pelas dançarinas. Nas redes sociais, fãs de Somi se manifestaram, deixando mensagens de apoio.

Confira os vídeos do prêmio:

Assista ao clipe da música What You Waitinf For:

Confira publicações de Somi nas redes sociais:

View this post on Instagram

A post shared by 전소미 (@somsomi0309) on

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea