Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

“Meu pesadelo estético” é a manchete People de fevereiro, com Linda Evangelista na capa. A modelo passou por um procedimento de criolipólise – resfriamento das células de gordura – que deu errado, deixando-a “permanentemente deformada”. Por isso, Linda se escondeu da mídia por anos, mas agora cansou e resolveu expor o que aconteceu com ela, para evitar que outras pessoas passem pelo mesmo trauma.

BBB22: Larissa compara rivalidade de Jade e Arthur com Prior e Manu, do BBB20: ‘Paredão histórico’

Mãe de Viih Tube faz procedimento com ventosas no bumbum e mostra resultado

“Eu amava estar na passarela. Agora, eu passo correndo por alguém que conheço. Eu não posso mais viver dessa maneira, me escondendo e com vergonha. Eu não poderia viver essa dor por mais tempo. Eu finalmente estou disposta a falar”, começou. Linda processou a Zeltiq Aesthetics Inc. em US$ 50 milhões, o equivalente a R$ 258,19 milhões, por danos. Ela alega que não tem como trabalhar desde quando fez as sessões do tratamento, de agosto de 2015 a fevereiro de 2016.

O que aconteceu foi que Linda desenvolveu um efeito colateral raro da criolipólise, chamado Paradoxical adipose hyperplasia”, o que em vez de eliminar a gordura, faz com que ela fique mais grossa após o processo de resfriamento. “São saliências que são duras. Se eu andar sem uma cinta com um vestido, o atrito vai fazer com que sangre. Eu não acho que estilistas vão querer me vestir assim”, desabafa ela, que ficou com essa aparência em seu queixo, coxas e seios.

O trauma foi tão grande que a modelo evita de se olhar o espelho. “Por que nós sentimos que precisamos fazer essas coisas com nossos corpos? Eu sempre soube que iria envelhecer. E eu sei que isso é algo pelo qual o corpo passa”, acrescenta. “Este é o meu objetivo; eu não vou mais me esconder.”

Confira a capa:

https://www.instagram.com/p/CaCaNxALQm1/?utm_source=ig_web_copy_link