Geral

Candidato à Presidência da Bolívia é intimado ao desembarcar no país

Ao desembarcar em La Paz, nesta manhã (28), o ex-ministro de Evo Morales e candidato à Presidência da Bolívia Luis Arce recebeu uma notificação do Ministério Público para prestar depoimento no caso de desvio de dinheiro público do extinto Fundo Indígena.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Arce é o candidato do Movimento ao Socialismo (MAS), partido do ex-presidente Evo Morales, e ex-ministro de Economia e Finanças Públicas. Ele estava na Argentina, onde participou do anúncio de sua candidatura à Presidência. O candidato a vice é David Choquehuanca, ex-chanceler do governo de Evo Morales.

A notificação judicial se refere ao caso do extinto Fundo Indígena, que financiava ações de desenvolvimento em zonas rurais e cujos recursos supostamente eram transferidos a contas privadas.

Além de Arce, o ex-ministro da Presidência Juan Ramón Quintana também está sendo investigado. Eles são acusados de incumprimento de deveres, uso indevido de influências e comportamentos antieconômicos. Arce deve prestar depoimento amanhã (29).

A promotora Heydy Gil disse ontem (27) que não existe um mandado de prisão contra Arce, mas confirmou o início de investigações. “As citações [para prestar depoimento] estão sendo emitidas, ainda não há mandado de prisão”.

De acordo com a denúncia, Arce e Quintana tinham a obrigação de supervisionar e avaliar a administração do diretor executivo do antigo Fundo Indígena e realizar as operações necessárias para o desempenho de suas funções, além de serem responsáveis pela aprovação do relatório de auditoria das operações realizadas.

Em 19 de janeiro deste ano, ele foi escolhido candidato à Presidência da Bolívia pelo MAS, para as eleições gerais de 3 de maio.

Veja também

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea