Esportes

Candidata à taça, França é grande favorita no grupo C

SÃO PAULO, 05 JUN (ANSA) – por Renan Tanandone – A França é cabeça de chave e grande favorita do grupo C, que deve ter uma disputa acirrada pela segunda posição entre Peru, Austrália e Dinamarca.   

Com uma equipe jovem e estrelada, os franceses aparecem com ótimas chances de ser protagonistas. Enquanto isso, Austrália, Dinamarca e Peru, que retorna a um Mundial depois de 36 anos, terão que somar pontos entre eles para conquistar uma vaga nas oitavas.   

Azarão – Disputando sua quarta Copa do Mundo seguida, a Austrália terá um caminho muito duro pela frente para conseguir se classificar para as oitavas, assim como fez no Mundial de 2006, na Alemanha.   

Comandada pelo técnico holandês Bert Van Marwijk, que chegou em janeiro deste ano, a Austrália teve dificuldades para se classificar para a Copa, tendo de passar por dois playoffs. O primeiro foi contra a Síria, que garantiu a oportunidade de disputar a repescagem. Já no outro, diante de Honduras, venceu por 3 a 1 na segunda partida e conseguiu se classificar.   

A atual campeã da Copa da Ásia e único país a disputar um Mundial representando duas federações diferentes, a Austrália tem como principal nome o veterano Tim Cahill, de 38 anos, maior artilheiro da história da seleção, com 50 gols.   

Além dele, os “Socceroos” terão também como peças importantes os meias Massimo Luongo e Mile Jedinak, assim como o atacante Robbie Kruse, um dos destaques do Bochum, que disputa a segunda divisão da Alemanha.   

Corre por fora – Voltando para uma Copa após 36 anos, o Peru conseguiu fazer história ao garantir sua classificação na repescagem diante da Nova Zelândia, após superar Chile, Paraguai e Equador nas Eliminatórias da América do Sul.   

Os peruanos são comandados pelo argentino Ricardo Gareca e contam com o atacante Paolo Guerrero como principal referência.   

O jogador de 34 anos é o maior artilheiro da história da seleção, com 33 gols.   

Apesar de ter sido condenado pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) a 14 meses de suspensão por doping, Guerrero conseguiu, no fim de maio, uma importante vitória na Justiça comum da Suíça, que postergou a pena.   

Ao lado de Guerrero, o Peru terá outros jogadores importantes, como os meio-campistas Christian Cueva, do São Paulo, e Paolo Hurtado, do Vitória de Guimarães, assim como o atacante Jefferson Farfán, do Lokomotiv Moscou.   

Favoritos – Cotada como uma das grandes favoritas ao título, a França, comandada pelo técnico Didier Deschamps, conta com um elenco recheado de estrelas para disputar a Copa do Mundo. Com muitos jovens jogadores, a seleção francesa chega com uma equipe veloz e muito técnica. O ataque da campeã mundial de 1998 é muito efetivo, com Kylian Mbappé, do PSG, Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid, e Ousmane Dembélé, do Barcelona, reforçados pelo talento do meio-campista Paul Pogba, do Manchester United.   

A França conta também com uma defesa muito sólida, composta por Raphael Varane, do Real Madrid, Samuel Umtiti, do Barcelona, e Benjamin Mendy, do Manchester City. No gol, os “Bleus” terão a experiência de Hugo Lloris, do Tottenham.   

Na última Copa do Mundo, ainda liderada por Franck Ribéry, do Bayern de Munique, a França foi eliminada nas quartas de final pela campeã Alemanha. A Dinamarca, por sua vez, retorna a um Mundial após ter ficado de fora das últimas edições da Copa e da Euro.   

Os dois vexames motivaram a demissão do técnico Morten Olsen, que ficara 16 anos à frente da seleção dinamarquesa. Agora, há dois anos sob a batuta do norueguês Age Hareide, a Dinamarca recuperou o bom futebol e conseguiu se classificar para o Mundial nos playoffs, ao derrotar a Irlanda por 5 a 1 no jogo decisivo.   

O país é liderada pelo meio-campista Christian Eriksen, do Tottenham, e conta em seu elenco com outros jogadores de destaque, como os atacantes Nicolai Jorgensen, do Feyenoord, e Yussuf Poulsen, do Red Bull Leipzig, além do meio-campista Thomas Delaney, do Werder Bremen.   

Fique de olho – Aos 19 anos, Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, é o jogador para ficar de olho neste grupo C. O jovem atacante é uma das referências da seleção francesa, e há muitas expectativas sobre como será sua primeira Copa.   

Mbappé liderou o Monaco na conquista do Campeonato Francês na temporada 2016/17 e foi um dos protagonistas do título do PSG na última edição da Ligue 1, ao lado de Neymar e Cavani. O atacante anotou 21 gols em 44 partidas. (ANSA)