ISTOÉ Gente

‘Canalha’: Boris Casoy detona Monark após podcaster defender criação de partido nazista

Crédito: Reprodução/YouTube

A edição desta quarta-feira (09) do “Jornal do Boris”, de Boris Casoy, foi cheia de críticas ao podcaster Bruno Aiub, conhecido como Monark. O influencer se envolveu em mais uma polêmica ao defender a criação de um partido nazista no Brasil.

BBB22: Lucas fala sobre sua marca registrada, a piscadinha: ‘Sou muito mais’

‘Nosso amor, sol das nossas vidas’: Débora Bloch homenageia pai em aniversário

“Idiota, despreparado, canalha. Essa ideologia enterrada há muito tempo é crime no Brasil. A liberdade de expressão tem limites e nesse caso ela bate numa ideologia nazista difundida pela internet que deu voz a ignorância, a barbaridade, a pessoas que sem nenhum conceito de história, de educação, de memória, despreparadas, tem acesso e cometem as barbaridades que esse cara cometeu ontem e que chegam e explicam pra gente que falaram isso porque estavam bêbados, não dá para aceitar isso!”, declarou Boris.

Para finalizar, o apresentador de 80 anos deixou claro que todos somos seres humanos. “Isso não pode ser suportado, você não pode defender o assassinato de pessoas, a morte em série como o nazismo fez, você não pode defender um regime que defenda a predominância de uma raça sobre outras, se é que existe raça, isso não admite discussão, (…) supostas visões racistas não admitem discussão, somos todos seres humanos, somos iguais, não há como discutir a superioridade.”