Economia

Campos Neto se reúne com parlamentares e defende pauta prioritária para BC

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, se reuniu na manhã desta quarta-feira com deputados da Comissão de Finanças e Tributação (CFT) para discutir as propostas prioritárias da autarquia no Legislativo.

De acordo com parlamentares que estavam no encontro, Campos Neto afirmou que as reformas no setor financeiro têm apoio popular e elevado impacto na produtividade.

Na sua apresentação, ele pediu a aprovação de proposta relacionada à aprovação, pelo BC, de dirigentes de bancos públicos federais, equalizando o tratamento entre instituições públicas e privadas. A proposta está na CFT. Campos Neto também voltou a defender a autonomia do BC.

Ele destacou ainda uma agenda de simplificação cambial e defendeu uma mudança nas regras de investimentos em infraestrutura, para que eles possam ser feitos em dólar. Desta forma, conforme Campos Neto, será possível evitar prejuízos com o impacto de variações cambiais.

Campos Neto falou aos deputados também sobre o plano de redução de spreads no cheque especial e no rotativo do cartão de crédito. De acordo com os participantes do encontro, porém, ele não deu detalhes sobre as iniciativas. Para o presidente do BC, é preciso ainda um projeto de educação financeira para atacar a inadimplência no País.

O presidente do BC se comprometeu ainda a ir à comissão da Câmara ainda neste mês ou em setembro, para tirar eventuais dúvidas dos parlamentares. Não há data marcada para a audiência.