Economia

Campo de Aram, da 6a Rodada, poderá ser terceiro maior campo do pré-sal

O campo de Aram, que será leiloado na 6ª Rodada de Partilha de Produção, poderá se tornar o terceiro maior campo produtor do pré-sal brasileiro, informou a superintendente de definição de blocos da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis Juliana Vieira, durante seminário técnico sobre o leilão.

Segundo Vieira, “Aram pode ser a estrela da 6a rodada”, e deve atrair bastante interesse no certame previsto para o dia 7 de novembro. Aram tem 1.350 quilômetros quadrados, uma área superior ao estado do Rio de Janeiro e compatível com o campo de Lula, o segundo maior produtor do Brasil. O primeiro é Búzios, também na bacia de Santos.

A estimativa da ANP é de que Aram tenha 29 bilhões de barris de petróleo in place não riscado (não confirmado), um volume considerado excepcional pela técnica da Agência. Ao todo, a 6a rodada vai oferecer 42 bilhões de barris de petróleo in place não riscado, volume distribuído em 5 campos: Aram, Bumerangue, Cruzeiro do Sul, Norte de Brava e Sudoeste de Sagitário.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Pandemia adia cirurgia e saúde de Schumacher piora
+ Telescópio Hubble é homenageado em moeda de ouro de 1 dólar
+ Tratamento desenvolvido no Brasil livra paciente do vírus HIV
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior

Tópicos

Aram leilão pré-sal