Esportes

Campeã olímpica nada em ‘lagoa de sangue’ contra guerra na Ucrânia

Crédito: Reprodução

Campeã olímpica, Ruta Meilutytè faz protesto contra guerra na Ucrânia (Crédito: Reprodução)


Campeã olímpica nos Jogos de Londres, em 2012, a nadadora lituana Ruta Meilutytè fez um protesto inusitado contra a guerra na Ucrânia. A atleta nadou em águas tingidas de vermelho para simular uma “lagoa de sangue” em frente à embaixada russa em Vilnius, capital da Lituânia. As informações são do GE.

O protesto de Ruta contou com o apoio de autoridades locais e faz parte do projeto “Vermelho-sangue”, espalhado pelo mundo em protesto contra o ataque da Rússia à Ucrânia.

Nas redes sociais, a nadadora explicou o protesto contra a invasão russa nas cidades ucranianas. Conforme Ruta, a atitude é um apelo a favor do povo ucraniano, que tem sofrido as consequências do ataque promovido por Vladimir Putin.

“A performance “Swimming Through” (“Nadando através”, em tradução livre) é um apelo à ação em apoio ao povo ucraniano que está enfrentando o genocídio cometido pela Rússia. Com países como a Alemanha não intensificando e impondo sanções adequadas ao agressor, escolher dinheiro em vez de pessoas, torna difícil manter a esperança. Portanto, é crucial que continuemos agindo, divulgando informações verdadeiras, voluntariando, protestando, doando e pressionando nossos governos a agir”, escreveu Meilutytè.

Segundo Meilutytè, a lagoa foi tingida com tinta ecológica, aprovada pelas autoridades e usada em testes científicos. Para a campeã olímpica, é importante manter os protestos contra a invasão. “A lagoa sangrenta enfatiza a responsabilidade da Rússia por cometer crimes de guerra contra os ucranianos. A natação simboliza a necessidade de esforço contínuo para lutar”, afirmou.