Esportes

Campeã olímpica aos 17 anos revela ter jogado medalha no lixo: ‘Passei a ser perseguida’

Crédito: Kiril Kudryavtsev - AFP

Snowboarder mais jovem da história a faturar o ouro olímpico na sua categoria, com apenas 17 anos, Chloe Kim surpreendeu o mundo nos Jogos de Inverno de PyeongChang em 2018. No entanto, o sucesso obtido na neve não foi bem recebido pela atleta, que chegou a jogar sua medalha no lixo por não passar mais despercebida nos locais.

Reprodução Instagram

A revelação da estrela do snowboarder, de 21 anos, foi feita em entrevista à revista Time. Kim disse que o objeto de desejo de todos os atletas foi resgatado do lixo por seu pais. A declaração ocorre próximo do início dos Jogos de Inverno de Pequim, na China.


“Assim que voltei [da Olimpíada] para casa não consegui ir à porcaria do meu restaurante favorito”, reclamou Kim sobre a situação em 2018.

“Isso te deixa com raiva. Eu só queria um dia de paz. E é impossível”, completou.

“Eu valorizo todo o amor e o apoio, mas eu gostaria que as pessoas compreendessem o que eu estava passando naquele momento. Todo mundo dizia, ‘eu conheci ela e é uma babaca’. Eu não sou uma babaca. Eu só tive os dois meses mais exaustivos da minha vida e assim que cheguei em casa passei a ser perseguida. Eu só quero a p***a do meu sanduíche de presunto e queijo e tchau”, explicou a snowboarder.

Mais velha e sabendo lidar melhor com a fama, Kim disse não se importar mais com a perda de privacidade e ressalta que seu foco está em garantir o bicampeonato olímpico.

“Acho que eu diria para a Kim mais nova que mesmo com tudo sendo muito difícil e as pessoas sendo más, as coisas vão acabar melhorando e você terá muitas coisas boas acontecendo na sua vida, essas coisas ruins não vão te machucar. Mas segue sendo um incômodo. É como um mosquito que não te deixa em paz, fica voando em volta de você”.

Destaque na modalidade, Chloe também já subiu no lugar mais alto do pódio seis vezes nos X Games, além de dois ouros nos Jogos Olímpicos da Juventude. Kim é uma das estrelas norte-americanas favoritas à medalhas que vão estar nos Jogos de Pequim, que vão acontecer entre os dias 4 e 20 de fevereiro.