Esportes

Campanha ‘Nação Solidária’ do Flamengo ajuda atletas do futebol feminino do Rio de Janeiro

Após apoiar atletas Carioca, trabalhadores informais do Maracanã e moradores de comunidades carentes, Rubro-Negro apoiou as atletas do clube do Greminho

Campanha ‘Nação Solidária’ do Flamengo ajuda atletas do futebol feminino do Rio de Janeiro

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

A campanha ‘Nação Solidária’ chegou ao futebol feminino. Após apoiar atletas da séries B1 e B2 do Carioca, trabalhadores informais do Maracanã e moradores de comunidades carentes, o Flamengo, em parceria com o SOS Favela/Viva Rio, realizou nesta sexta-feira a entrega de vale-alimentação e álcool em gel para as jogadoras que atuam pelo Greminho Futebol Clube, localizado em Cosmos, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

– É um momento muito delicado. Ano passado já era difícil quando tudo estava normal, pela falta de recursos e por se tratar de um clube amador. Mas, neste ano, com essa pandemia, ficou ainda mais complicado. Com essa interrupção nos treinos, estamos ainda com menos recursos. O Flamengo foi o clube que a gente mais se identificou desde aquela derrota no ano passado (por 56 a 0). As meninas rubro-negras abraçaram a causa, enviando mensagens de incentivo. Agora, com esse problema, o Flamengo tomou essa iniciativa de nos ajudar, pois muitas atletas estão com dificuldades. E essa ajuda é fundamental para que a gente possa ter pelo menos um pouco de conforto e dar continuidade ao nosso trabalho – disse Hamilton Silva, Presidente e treinador do Greminho.

Devido à pandemia do novo coronavírus e a paralisação das atividades, várias equipes femininas do futebol carioca estão enfrentando algumas dificuldades para manter seus compromissos em dia.No total, 20 atletas compareceram ao clube para receber o auxílio de R$ 80 para cada. Além disso, o Rubro-Negro também entregou uma camisa autografada do Clube, que poderá ser leiloada.

A campanha ‘Nação Solidária’ continua recebendo doações para ajudar ainda mais pessoas que estejam em situação de vulnerabilidade.

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea