ISTOÉ Gente

Cameron Boyce morreu por ‘evento inesperado’ relacionado à epilepsia, diz laudo

Cameron Boyce morreu por ‘evento inesperado’ relacionado à epilepsia, diz laudo

(Abril) O ator americano Cameron Boyce - AFP


Cameron Boyce morreu em decorrência de “evento inesperado” relacionado à epilepsia, de acordo com conclusão da autópsia feita pelo Departamento de Exame Médico-Legista de Los Angeles, nos Estados Unidos. O ator, considerado uma das grandes estrelas da Disney, morreu enquanto dormia, no dia 6 de julho, aos 20 anos.

Na ocasião, os pais dele disseram que Boyce havia tido uma convulsão “resultado de uma condição médica preexistente para a qual estava recebendo tratamento”.

De acordo com informações publicadas pelo site TMZ nesta terça-feira, 30, o laudo não aponta a presença de drogas ou álcool no corpo de Boyce, com exceção do medicamento Keppra, utilizado para tratar da epilepsia.

Origem da doença

A epilepsia é uma doença do cérebro relacionada ao funcionamento anormal dos neurônios. As causas da doença são variadas, mas pode ter origem em danos cerebrais, como um tumor, acidente vascular cerebral (AVC), trauma ou qualquer doença que afete a estrutura normal do órgão. Dessa forma, qualquer pessoa pode desenvolver o quadro, mas aquelas que sofreram alguma lesão são mais propensas. Abuso de álcool e drogas também podem ser um fator para o surgimento da enfermidade.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago