Economia

Câmara Superior da Índia aprova reforma tributária

Após mais um ano de negociações, a Câmara Superior do Parlamento indiano aprovou uma reforma tributária no país, uma importante vitória do primeiro-ministro Narendra Modi em sua campanha para modernizar a terceira maior economia da Ásia.


O projeto de emenda constitucional substitui uma variedade de impostos sobre consumo federais, estaduais e interestaduais em um único imposto nacional sobre bens e serviços (GST, na sigla em inglês). Ele deve ter trânsito fácil na Câmara Baixa do Parlamento, onde o partido de Modi, o Bharatiya Janata, tem maioria.

A Índia é um país conhecidamente difícil para se fazer negócios. No último ranking mundial sobre facilidade de negócios, realizado pelo Banco Mundial com 189 nações, o país ficou em 157º. O Brasil está na 116ª posição. Fonte: Dow Jones Newswires.