Economia

Câmara aprova urgência de projeto que define repasses do Fundo Social do Pré-Sal

A Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira, 27, à noite o requerimento de urgência para analisar o projeto de lei que prevê repasses do Fundo Social do Pré-Sal para Estados e municípios. O projeto está no cerne das negociações entre as administrações regionais e o Congresso sobre a partilha do megaleilão do pré-sal, a chamada cessão onerosa.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

A discussão sobre o trâmite do projeto não estava na pauta da sessão da Câmara de terça, mas acabou entrando de última hora.

O projeto, o qual foi aprovado a urgência, altera a lei 12.351.

A matéria prevê a divisão dos recursos do Fundo Social, destinados a investimentos em saúde e educação, também para Estados e municípios.

Pela proposta, 30% dos recursos desse fundo seriam destinados às administrações regionais, 50% iria para os itens previstos atualmente pela lei e 20% para o Fundo de Expansão dos Gasodutos de Transporte e de Escoamento da Produção (Brasduto).

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea