Cultura

Calvin Klein se afasta da moda de luxo

O estilista belga Raf Simons passou pouco mais de dois anos à frente da marca americana criando coleções conceituais. A partida do estilista antes do fim do seu contrato de três anos expôs as dificuldades de alinhamento entre ele e os executivos da Calvin Klein e da PVH, conglomerado que controla a marca.

A grife anuncia agora o fechamento da linha 205W39NY, desfilada na New York Fashion Week. Como a visão artística de Simons e os grandes desfiles não trouxeram resultados esperados, os executivos vêm priorizando o investimento em celebridades digitais.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.