Economia

Caixa terá nova modalidade de crédito para pessoa física com garantia de imóvel

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou mudanças na linha de financiamento do home equity, modalidade em que um imóvel é dado como garantia. A nova linha, chamada de Real Fácil, permite que o cliente escolha a forma de correção do empréstimo, que poderá ser pela TR, pelo IPCA ou por taxa fixa.

A modalidade será oferecida a pessoas físicas a partir do dia 3 de agosto. Atualmente, a Caixa responde por pouco mais de 30%, ou R$ 3,5 bilhões, do volume desse tipo de crédito concedido em todo o mercado, de R$ 11 bilhões.

“Nossa expectativa é emprestar R$ 40 bilhões, ou seja, multiplicar em 10 vezes o que fazemos hoje”, disse Guimarães.

Segundo ele, essa linha tem volume muito baixo no Brasil e que esse é um segmento de foco da instituição financeira, dentro da proposta do banco de ser o maior no segmento imobiliário. “Atingimos quase 50% do mercado com financiamento imobiliário e voltamos à posição de liderança no crédito imobiliário”, afirmou.

Nova modalidade

A linha Real Fácil Caixa exige que o imóvel alienado seja livre de ônus, ou seja, não se encaixa na nova proposta regularizada recentemente em que um mesmo imóvel pode dar garantia a um novo empréstimo dentro da mesma instituição. “Vamos analisar em uma segunda etapa o home equity de um imóvel já alienado”, disse.

Serão três modalidades de home equity: IPCA mais 0,60% para créditos de até 15 anos para valores de 50% do imóvel a ser dado como garantia; TR, com a taxa máxima chegando a 0,90%, mas começando em 0,70% para prazo de 15 anos e no valor de 60% do imóvel; e Taxa Pré, sem correção e fixa em 0,80% com prazo de 15 anos e o valor liberado também equivalente a 60% do imóvel a ser dado como garantia.

“Oferecemos inflação e taxa pré porque a TR está com juro a zero. Não é zerada, mas a zero porque a Selic está muito baixa”, afirmou Guimarães.

O presidente da instituição afirmou que a Caixa fez várias simulações com taxas de outros bancos para saques de até R$ 150 mil e, segundo ele, mesmo a maior taxa da Caixa está abaixo dos demais bancos. A Caixa fez também simulações com modalidade “TR” para valores até R$ 300 mil para prazos de 120 meses, disse.

Financiamento de terreno

A Caixa também anunciou mudanças nas linhas de crédito para o financiamento para aquisição de terrenos urbanos e para a construção individual de imóvel.

Para a modalidade de financiamento de lote urbanizado, poderão ser financiados valores entre R$ 50 mil e R$ 1,5 milhão, com taxa de juros efetiva de até TR + 8,50% ao ano, com financiamento de até 70% do valor do terreno e prazo de até 240 meses para pagamento da dívida.

Nas modalidades aquisição de terreno e construção e construção em terreno próprio, a Caixa passará a ofertar também taxas de juros customizadas que podem chegar a TR + 6,50% ao ano.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+ Vídeo do TikTok com mulher sendo empurrada de ônibus viraliza; veja

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar