Economia

Caixa registrou em julho maior valor histórico mensal no crédito imobiliário

O vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Jair Mahl, disse o banco registrou em julho o “maior valor histórico mensal” de financiamentos imobiliários. “O setor tinha tudo para entrar em uma crise enorme após a pandemia. Mas todos os atores se envolveram e nós conseguimos não só vencer, mas também crescer”, apontou nesta terça-feira, 29, durante painel da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc).

Mahl destacou que o crédito imobiliário corrigido pelo IPCA – lançado pelo banco ano passado – já representa 30% dos novos financiamentos originados, um valor considerado consistente. Uma das vantagens da carteira corrigida pela inflação é a possibilidade da comercialização no mercado secundário, gerando recursos para serem aplicados em novos financiamento à compra e à construção de imóveis.

O executivo disse ainda que a Caixa está terminando seus estudos para fazer a securitização das carteiras de crédito e deve lançar ainda neste ano a primeira oferta de certificados de recebíveis imobiliários. “Estamos terminando os estudos para que tenha atração do mercado. Acreditamos que será um sucesso”, comentou.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ O processo de formação como obra

+ Arte e algoritmo: Uma genealogia

+ Radicalmente vivo