Economia

Caixa: R$ 43,71 bi serão pagos em auxílio emergencial a público do bolsa família

A Caixa Econômica Federal detalhou nesta terça-feira, 7, os montantes estimados para os pagamentos das três parcelas mensais de R$ 600 do auxílio emergencial. O maior volume será destinado aos beneficiários do programa Bolsa Família, que receberão R$ 43,71 bilhões. A sistemática para esse grupo será a mesma do benefício normal que já é pago mensalmente.

Outros R$ 29,43 bilhões devem ser destinados para o público já inscrito no Cadastro Único do governo federal. Nesse caso, os valores serão depositados em até 48h após o processamento – com início já na quinta-feira (9) – em conta poupança da Caixa ou conta do Banco do Brasil. Caso o beneficiário não tenha conta nessas instituições, será criada a poupança digital da Caixa – para a qual o saque em espécie ainda não está liberado.

Por fim, a Caixa estima que trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) recebam R$ 25 bilhões. Esse grupo precisa se cadastrar para receber o auxílio emergencial por meio do site da Caixa, ou pelo aplicativo já disponível para aparelhos celulares. Os pagamentos começarão em 14 de abril. Esses beneficiários poderão indicar uma conta em qualquer instituição financeira para receber o auxílio, ou optar pela poupança digital da Caixa – (cujo saque em espécie ainda depende de cronograma).

Veja também

+ Caixa libera FGTS emergencial para nascidos em julho nesta segunda-feira (10)

+ A Fazenda: influenciadora digital Marina Ferrari é confirma na lista de participantes

+ Filhos de Luciano Huck esquecem o texto em homenagem ao pai

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Carol Nakamura anuncia terceira prótese: ‘Senti falta de seios maiores’

+ Ex-Ken humano, Jéssica Alves exibe visual e web critica: ‘Tá deformada’

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?