Economia

Caixa já realizou pagamento do auxílio a 67,2 milhões de pessoas, diz Guimarães

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou nesta terça-feira, 29, que o banco já realizou o pagamento do auxílio emergencial a 67,2 milhões de pessoas. O montante total pago foi de aproximadamente R$ 214 bilhões.

Guimarães disse ainda que 500 mil pessoas acabaram de ser aprovadas no auxílio, o que amplia o número total de beneficiados para 67,7 milhões de pessoas. “34% do valor pago estão no Nordeste. Outros 10,6% estão na região Norte”, pontuou, durante coletiva de imprensa. “O auxílio emergencial está indo para quem precisa, em todos os Estados e em todas as regiões.”

O presidente da Caixa e o secretário do Ministério da Cidadania, Antônio Barreto, participam hoje de coletiva de imprensa a respeito da extensão do auxílio emergencial. Em portaria publicada no Diário Oficial da União na segunda-feira, o ministério definiu o calendário de pagamentos e de saques do auxílio. A parcela adicional será de R$ 300 ou de R$ 600 (no caso de mães monoparentais).

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ 6 fotos em que o design de interiores do banheiro foi um fracasso total. Confira!
+ Ex-jogadora de futebol, Madelene Wright, começa a vender fotos sensuais após ser demitida do time
+Iveco fornecerá 1.048 caminhões blindados 8×8 ao Exército Alemão
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Modelo e atriz italiana paga promessa e posta foto ‘só de máscara’ após vitória da Lazio
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel