Economia

Caixa: Governo liberou o auxílio emergencial para mais 1,150 milhão de pessoas


O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, informou nesta segunda-feira, 3, que o Ministério da Cidadania autorizou o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 por mês para mais 1,150 milhão pessoas. Com isso, o número de beneficiários do programa chegou a 66,2 milhões.

Segundo Guimarães, o governo habilitou o cadastro de 805 mil pessoas que ainda não haviam recebido nenhuma parcela do auxílio emergencial. Outras 345 mil que chegaram a receber os dois primeiros pagamentos foram revalidadas pelo Ministério e passarão a receber as três parcelas seguintes.

Os novos habilitados que nasceram entre janeiro e maio receberão o crédito na conta digital da Caixa já na próxima quarta-feira, 5. Os nascidos nos demais meses seguirão o cronograma de pagamentos que já vinha sendo usado pelo banco, com os depósitos até o dia 26 de agosto.

Os recursos depositados nas contas digitais podem ser usados para pagamentos e transferências, por meio do aplicativo Caixa Tem. Já os saques em dinheiro do auxílio seguem outro cronograma do banco – até 17 de setembro -, para evitar aglomerações. “Não há necessidade de chegar cedo às agências, antes da abertura. O pagamento está sendo feito com tranquilidade de todos os beneficiários”, afirmou Guimarães.

A inclusão de 1,150 milhão de cadastros habilitados para receberem o auxílio emergencial foi publicada hoje no Diário Oficial da União. “Seguimos firmes na determinação do presidente Jair Bolsonaro de não deixar ninguém para trás. Atuamos com transparência e estamos fazendo o benefício chegar a quem realmente necessita. Em poucos meses, o Governo Federal foi capaz de retirar o maior contingente de pessoas da extrema pobreza da história recente do Brasil”, afirmou, em nota, o Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS