Esportes

Caio Ribeiro defende volta do futebol e discute com colegas no ‘Bem, Amigos!’

Ex-atleta e comentarista da 'Globo' participou da atração do 'SporTV' nesta segunda-feira

Caio Ribeiro defende volta do futebol e discute com colegas no ‘Bem, Amigos!’

Caio Ribeiro é comentarista do "Grupo Globo" (Foto: Reprodução/TV Globo)

O ex-jogador Caio Ribeiro defendeu o retorno das partidas de futebol em meio à pandemia de coronavírus. Nesta segunda-feira, durante o programa “Bem, Amigos!”, do “SporTV”, o comentarista elogiou o protocolo dos jogos no Rio de Janeiro e valorizou o esforço dos atletas.

– Ontem eu fiquei muito bem impressionado com o Volta Redonda e como o Botafogo voltou. Falei com uma pessoa de dentro do Volta Redonda e ele me garantiu que os três jogadores que testaram positivo para COVID-19 não tiveram contato com os outros jogadores. Eles chegaram ao CT, não houve concentração. Quando se apresentaram para ir ao jogo, foram testados e imediatamente separados – apontou Caio durante a atração, que foi rebatido por Cleber Machado.

– Sim, Caio, mas o que a gente está dizendo é o seguinte: você chega para fazer o “Bem, Amigos!”, todos fazem o teste e só você tem a doença – só você é retirado. Mas, se a gente faz um ensaio nos dias anteriores, nós tivemos contato – retrucou o narrador e apresentador do programa.

– Tivemos, mas vocês também foram testados e deu negativo – disse Caio, rebatendo. Pouco depois Galvão resolveu explicar seu ponto de vista.

– Gente, eu não sou médico, eles devem tomar as decisões. Mas, pelo que eu leio, acompanho, o que acontece é que quando sai o resultado do teste, a pessoa já estava infectada. (…) Nos Estados Unidos, o time da Marta foi testado na chegada na sede de onde a competição será encerrada. Ali, dez jogadoras testaram positivo e o time foi retirado do campeonato. A diferença de postura que me angustia – ponderou o narrador da “Globo”.

O debate seguiu no programa. Pouco depois, Cleber Machado encerrou o papo (assista abaixo).

– O ideal seria que ninguém estivesse infectado. Mas acho que podemos esperar para ter certeza de que voltar com o futebol é uma coisa boa, para que não seja algo discutível, como está sendo agora – declarou.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior