Esportes

Caio revela que deixou a Inter por não ter sido liberado para os Jogos Olímpicos de 1996

O comentarista e ex-jogador disse que fez todo o ciclo olímpico na época, mas que não obteve a liberação do clube italiano. Na sequência, se transferiu para o Napoli

Caio revela que deixou a Inter por não ter sido liberado para os Jogos Olímpicos de 1996

Caio Ribeiro revelou que um dos motivos que o fez deixar a Internazionale foi o fato do clube ter vetado sua ida para as Olimpíadas de 1996, realizada em Atlanta, nos Estados Unidos. O ex-jogador fez a revelação durante a transmissão da vitória do Brasil sobre a Arábia Saudita, nesta quarta-feira, nos Jogos Olímpicos.

– Era para eu ter feito parte desse time (a Seleção de 1996). Fiz todo ciclo olímpico e não fui liberado pela Inter de Milão, por isso acabei indo para o Napoli – disse Caio, após Galvão relembrar a escalação da Seleção na época.

Galvão Bueno relembrou a equipe que ficou com a bronze, após vencer Portugal por 5 a 0. Entre os atletas, grandes jogadores: Dida, Ronaldo, Aldair, Roberto Carlos, Juninho Paulista, Bebeto, Ronaldo, Rivaldo, Sávio, Luizão, Amaral, Zé Elias e Flávio Conceição foram citados pelo narrador.

CAIO NA ITÁLIA
A passagem de Caio pela Itália durou dois anos, de 1995 e 1997. Pela Internazionale, o atacante disputou apenas oito jogos e não marcou gols. No Napoli foram 25 jogos e um gol marcado.

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago