Esportes

Ex-lateral Cafu é investigado pela polícia por suposta ligação com PCC

Crédito: Mladen ANTONOV / AFP

O ex-lateral Cafu está sob investigação da Polícia Civil de São Paulo após a descoberta de um relatório que supostamente teria registros de depósitos feitos pela facção criminosa PCC. As informações são da revista Veja.

Cafu agradece apoio após morte do seu filho mais velho: ‘Continuem orando’

Marcos Evangelista de Morais, nome do ex-atleta, aparece em registros de Décio Gouveia Luiz, o Décio Português, responsável financeira pela contabilidade da facção criminosa. O capitão do penta teria sido beneficiado pela compra de um terreno em Alphaville, na região metropolitana de São Paulo, segundo a publicação.

Décio Português foi detido no dia 14 de agosto e transferido, no mesmo mês, para a Penitenciária de Presidente Wenceslau, no interior de São Paulo. Além de lavar o dinheiro do grupo, ele também é acusado de esconder os valores recebidos pelo PCC.

Tópicos

Cafu PCC polícia