Saúde da mulher

Cafeína tem benefícios comprovados pela ciência; conheça-os

Crédito: Unsplash

Para a alegria das aficionadas por café, cada vez mais pesquisas estão comprovando os benefícios da cafeína para a saúde. Isso quer dizer que, contrariando o que muitos acreditam, seu cafézinho diário pode ser tomado sem culpa, pois a substância pode ser realmente benéfica.

+ 12 bebidas que estimulam o cérebro

+ Estudo indica qual tipo de café consumir para evitar doenças cardiovasculares

O estudo mais recente sobre o assunto, publicado no “New England Journal of Medicine”, afirma que o consumo de cafeína pode estar associado a um risco reduzido de várias condições de saúde, incluindo doenças cardíacas, diabetes tipo 2, doença de Parkinson, câncer de fígado e depressão. Isso não significa que o café previne essas condições, mas pode ser um aliado.

Segundo a “Slice”, de onde são as informações, vários outros estudos afirmam que consumir 400 mg de cafeína por dia tem sido associado a taxas de mortalidade reduzidas em geral. Em uma extensa pesquisa publicada pela “American Heart Association”, na qual 200 mil participantes foram estudados ao longo de 30 anos, descobriu-se que aqueles que bebiam de três a cinco xícaras de café por dia tinham 15% menos probabilidade de morrer de várias causas e doenças em uma idade jovem. Isso remonta a um estudo de 2013 da Escola Pública de Saúde de Harvard, nos Estados Unidos, que constatou que o risco de suicídio em homens e mulheres diminuiu 50% caso bebessem café com moderação.

Embora todas essas informações ainda venham com ressalvas — como para gestantes e pessoas que enfrentam transtornos de ansiedade e problemas de sono — elas são uma vitória para as amantes do café. Se você precisa de um estimulante para aumentar a energia ou simplesmente quer relaxar com uma bebida quente, os estudos estão cada vez mais próximos de comprovar que você pode saborear seu preparo sem culpa.

Veja também