Cultura

Cachorro entra em mercado, furta saco de pão e vídeo viraliza

Um cachorro vira-lata viralizou na internet após câmeras de segurança o flagrarem roubando um saco de pão no mercado de São Joaquim da Barra, no interior de São Paulo, no dia 13 de agosto.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

As imagens mostram o animal correndo pelo corredores do local com o alimento agarrado aos seus dentes. Duas funcionárias dos caixas, próximos à saída do comércio, viram o bicho passando, mas não conseguiram contê-lo e ele fugiu.

A publicação teve mais de 1.600 compartilhamentos no Facebook e agradou usuários da rede social. “Vocês já ganharam meu like pela maneira carinhosa e divertida desta postagem. Ajudem esse doguinho a encontrar um lar, caso não tenha, que os furtos diminuirão”, brincou um internauta.

“Não se engane. Estamos furiosos e à procura desse fora da lei. Assim que o encontrarmos, ele será duramente castigado tendo que comer três salsichinhas deliciosas!”, retrucou a equipe do supermercado.

Veja também

+ Após foto “com volume” ser derrubada no Instagram, Zé Neto republica imagem usando bermuda

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Morre mãe de Toni Garrido: “Descanse, minha rainha Tereza”

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea