Geral

Caçador descobre mistério de cães desaparecidos há décadas após matar crocodilo

Crédito: Reprodução/Facebook

Um caçador da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, solucionou um desaparecimento de cães após matar um crocodilo de 3,6 metros. O homem levou o animal para ser empalhado e, durante o processo de taxidermia, foram encontradas cinco etiquetas de identificação dos cachorros, desaparecidos pela primeira vez há 24 anos, dentro do estômago do réptil.

Os funcionários da loja de taxidermia ainda encontraram “um colete a prova de balas, uma vela de ignição, cascos de tartaruga e garras de lince” nas entranhas do animal.

“Duas das etiquetas eram legíveis e um dos números de telefone ainda funcionava”, escreveu a loja no Facebook. “O dono dos cães disse que ele caçava na mesma área há 24 anos, e esses eram os cães com quem ele caçava cervos”, acrescentou.

“Não há dúvida de que ele comeu os cachorros”, afirmou Claudia Cordray, sócia da casa de taxidermia. “[O crocodilo] Era um animal velho, entre 50 e 70 anos”, disse.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago