Mundo

Buenos Aires proíbe uso de canudos de plástico

Buenos Aires proíbe uso de canudos de plástico

Buenos Aires proibirá paulatinamente os canudos de plástico para reduzir seu impacto ambiental - AFP/Arquivos

Buenos Aires eliminará paulatinamente os canudos de plástico para reduzir seu impacto ambiental, com um primeiro passo que proíbe colocá-los à disposição em restaurantes e outros estabelecimentos a partir desta quarta-feira (22).

Os locais de venda de bebidas, hotéis e bares “não poderão oferecer ou colocar canudos de plástico de uso único à vista do cliente”, indica a norma, publicada no boletim oficial do governo da capital argentina.

Nesta primeira etapa os locais poderão fornecer canudos aos clientes que os solicitem, mas a iniciativa prevê que em seis meses entrará em vigor a proibição absoluta de seu uso.

Segundo estimativas da Agência de Proteção Ambiental, foram jogados no lixo cerca de dois milhões de canudos por mês nos restaurantes dos centros comerciais da capital argentina, o que equivale a 1,7 tonelada de plástico.

O canudo é o quarto resíduo plástico mais comum encontrado nas costas e oceanos no mundo todo.

No Rio da Prata foram encontrados restos de partículas plásticas no tubo digestivo dos peixes, informou o organismo.

A proibição do uso e entrega de canudos já havia sido adotada em outras cidades da Argentina, como o turístico balneário de Mar del Plata, na província de Buenos Aires, ou Ushuaia, no extremo austral.