Esportes

Bruno Nazário elogia Nenê e se vê dividindo obrigações com o ídolo no Vasco

Bruno Nazário não esconde sua predileção por jogar pelo meio, como armador. Mas, com a concorrência de peso de Nenê no Vasco, o novo camisa 7 aceita mudar de posição para dividir as obrigações com o ídolo. Ele já foi testado pela ponta e também como um falso 9 em amistoso no fim de semana.

“Onde eu me sinto bem, confortável, é na meia, centralizado. Mas, no amistoso, me senti super bem. Fui bem e tenho certeza que deixei uma pulguinha na cabeça do treinador. Mas estou à disposição, para ajudar do outro lado ou onde o Zé (Ricardo, técnico) preferir. O objetivo é colocar o Vasco na Primeira Divisão”, afirmou Bruno Nazário, antes de tecer elogios ao companheiro Nenê.


“É uma referência, grande ídolo. O Nenê tem muita qualidade, com passes, certeza que vamos ajudar muito os atacantes. Jogar ao lado do Nenê é fácil”, enfatizou, novamente se colocando como armador.

“É um prazer imenso, maravilhoso jogar no Vasco. Estou muito feliz pela oportunidade de estar aqui e espero fazer uma grande temporada. Nosso maior objetivo todo mundo sabe que é subir para a Série A. Se Deus quiser vai dar tudo certo”, garantiu, festejando a primeira semana de treinos.

“Foi uma semana trabalhosa, estou me dedicando ao máximo para ficar 100% fisicamente. Fiz um amistoso, o Zé me colocou na ponta esquerda. Me senti super bem. Estou motivado para fazer um grande campeonato”, observou. “Série B é muito difícil, jogo truncado, não para. Para mim é o campeonato mais difícil que tem. Mas tenho certeza que vai dar tudo certo.”

O clube também apresentou seu novo camisa 8. Vitinho, emprestado pelo Corinthians, mostrou-se bastante informado sobre a nova casa e prometeu honrar o lendário número de Juninho Pernambucano.

“Estou muito feliz pela oportunidade. Quando recebi o convite, nem pensei e aceitei. Gosto da camisa 8. A camisa do Vasco é gigante. O Juninho fez história e pretendo representar um pouco a história dele e essa camisa para ajudar o Vasco.”