Esportes

Bruno Mezenga brilha, Ferroviária vence Mirassol e encaminha classificação


Com dois gols e uma assistência do artilheiro Bruno Mezenga, a Ferroviária encaminhou a classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista ao ganhar do Mirassol, por 3 a 1, na noite desta segunda-feira, no Estádio José Maria de Campos Maia, pela décima rodada.

O resultado acaba com uma invencibilidade de quase dois anos do Mirassol em casa. A última derrota no seu estádio havia sido justamente para a Ferroviária, no dia 26 de junho de 2019, pela Copa Paulista.

Já classificado para as quartas, o Mirassol segue na liderança do Grupo D, com 17 pontos. Ao encerrar uma sequência de quatro jogos sem vitória, a Ferroviária chegou aos 15 e é o vice-líder do Grupo B, abrindo cinco de vantagem para a Ponte Preta, faltando apenas dois jogos.

Assim como faz em suas partidas como mandante, o Mirassol começou em cima e criou boas chances com Cássio Gabriel, Pedro Lucas e Diego Gonçalves. Mas, do outro lado, tinha o principal goleador do Paulistão. E Bruno Mezenga mostrou para os adversários como que faz.

Aos 21, o atacante grená aproveitou cruzamento de Renato Cajá e cabeceou no canto de Alex Muralha para abrir o placar. O segundo foi um golaço. Bruno Mezenga recebeu na entrada da área e chutou forte. A bola tocou no travessão antes de entrar. Ainda antes do intervalo, o Mirassol diminuiu com Diego Gonçalves.


+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ ‘Raça de víboras’: Andressa Urach critica seguidores que não acreditam em sua fé
+ “Fama e dinheiro vem cheio de desgraça”, desabafa Pedro Scooby



Na volta do intervalo, o time da casa esboçou uma pressão e reclamou de três pênaltis não marcados pelo árbitro. Mas foi aí que a estrela de Bruno Mezenga voltou a brilhar, dessa vez como “garçom”. Aproveitando saída errada de Neto Moura, o atacante lançou Anderson Rosa, que ampliou.

No lance, o volante do Mirassol recebeu o segundo amarelo e foi expulso após entrada dura em Bruno Mezenga. Com um a mais, a Ferroviária só administrou a posse da bola até o apito final do árbitro.

Os dois times voltam a campo na próxima quinta-feira, pela 11ª rodada. O Mirassol enfrenta o Santo André, às 21 horas, no Canindé, em São Paulo, e a Ferroviária recebe o Ituano, às 22h15, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara.

FICHA TÉCNICA:

MIRASSOL 1 x 3 FERROVIÁRIA

MIRASSOL – Alex Muralha; Daniel Borges, Danilo Boza, Reniê e Moraes; Luís Oyama (Mateus Anderson), Neto Moura e Cássio Gabriel (Rodolfo); Fabrício (Lucas Silva), Pedro Lucas (Rafael Silva) e Diego Gonçalves (Daniel). Técnico: Eduardo Baptista.

FERROVIÁRIA – Saulo; Diogo Mateus, Matheus Salustiano, Didi e Arthur Henrique (Igor Fernandes); Higor Meritão, Vinícius Zanocelo (Anderson Rosa) e Renato Cajá (Dudu Vieira); Rogério (Hygor), Bruno Mezenga (Gleyson) e Felipe Marques. Técnico: Elano.

GOLS – Bruno Mezenga, aos 22 e aos 36, e Diego Gonçalves, aos 42 minutos do primeiro tempo. Anderson Rosa, aos 33 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Moraes (Mirassol); Vinícius Zanocelo e Diogo Mateus (Ferroviária).

CARTÃO VERMELHO – Neto Moura (Mirassol).

ÁRBITRO – Adriano de Assis Miranda.

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP).

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS