Istoé em Tóquio

Bruno Fratus conquista medalha de bronze nos 50m livre da Olimpíada de Tóquio

Bruno Fratus conquista medalha de bronze nos 50m livre da Olimpíada de Tóquio

Bruno Fratus conseguiu a medalha na 3ª final olímpica (Foto: Jonne Roriz/COB)


O brasileiro Bruno Fratus disputou a final dos 50m livre da Olimpíada de Tóquio neste sábado (31) e conquistou a medalha de bronze. A prova foi extremamente disputada: o brasileiro chegou a 0.02 segundo do 2º lugar e 0.03 segundo na frente do 4º lugar.

+ Veja como o Brasil pode bater o recorde de medalhas na próxima semana

+ COI confirma que pódio com Rayssa Leal é o mais jovem da história

+ Em meio à Olimpíada, Tóquio supera recorde de covid-19

Só o americano Caeleb Dressel disparou desde o início. Ele terminou na primeira posição e quebrou o recorde olímpico, com 21.07 segundos. Na 2º posição ficou o francês Florent Manaudou, com 21:55. Fratus completou logo atrás, com 21.57. O quarto colocado foi Michael Andrew, com 21.60

Essa foi a terceira vez seguida que Fratus disputou a final olímpica dos 50m livre. Em 2012 ele quase conseguiu o pódio e terminou na 4ª posição. Em 2016 ele tinha mais chances, mas decepcionou e ficou em 6º.

Depois da prova, Fratus comemorou muito, com um grito alto. Em entrevista para a Rede Globo, o brasileiro explicou a festa: “o grito estava entalado desde 2011, que foi meu primeiro Campeonato Mundial. Depois em 2012, a Olimpíada do quase. E depois do Rio principalmente. Foi um grito de finalmente medalhista olímpico. Finalmente realizei meu sonho, que começou com 11 anos de idade”.

O medalhista também deixou um recado para os brasileiros quando foi perguntado sobre o porte físico dos adversários dele: “os caras são grande, mas nóis (sic) é ruim. Aqui é Brasil, não tem essa não. A gente vai e faz. Inclusive, se é pra deixar uma mensagem, é que nós somos o melhor povo. Temos o melhor país do mundo. Todo mundo aqui fora ‘paga pau’ pro Brasil, pro povo do Brasil. A gente é muito capaz. Assim como fiz hoje, se permitam ser o povo que a gente pode ser. Ser o país que a gente pode construir. A gente está entre melhores do mundo”, declarou Fratus.

 

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio