Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

A brasileira Beatriz Souza, de 38 anos, foi encontrada morta no apartamento em que morava em Paris, na França, na segunda-feira (7). Mulher trans, Beatriz se mudou de Belém (PA) para a França em agosto de 2021. As informações são do Uol.

De acordo com informações recebidas pelos parentes, a mulher teria sido intoxicada. Ainda segundo a família, o corpo de Beatriz não vai ser trazido para o Brasil, já que semanas antes, ela havia afirmado que gostaria de ser enterrada na França “se alguma coisa acontecesse com ela”.

Amigos da vítima informaram que um homem foi preso por suspeita de envolvimento com o caso. O suspeito seria um “parceiro” dela, chamado “Michael”, que é brasileiro e usa o nome de drag queen “Pyetra”.

“Esse rapaz fez mal a ela. A Beatriz era louca de amor por ele, uma coisa que não tinha como explicar. Ele xingava ela, mandava mensagens falando coisas horríveis”, disse ao Uol Samuel Galvino, amigo da brasileira.

Conforme Samuel, Michael teria gravado um vídeo de Beatriz pedindo socorro e agonizando antes de a deixar sozinha no apartamento. “Eles estavam bebendo juntos, parece que se estranharam, brigaram, quebraram todo o apartamento”, contou.

Em nota ao Uol, o Itamaraty afirmou que o órgão se encontra à disposição para “prestar toda a assistência possível aos familiares da nacional” por meio do Consulado-Geral na capital francesa.