Brasil

Brasil tem mais de 1,2 mil mortes por Covid em 24h

SÃO PAULO, 13 JAN (ANSA) – O Brasil registrou 1.274 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 205.964 o total de vítimas da pandemia, informou nesta quarta-feira (13) o Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass).   

Com os números de hoje, a taxa de letalidade se mantém em 2,5%, mas a de mortalidade continua subindo e está em 98 a cada 100 mil habitantes. Além disso, a média móvel de óbitos dos últimos sete dias voltou a subir e a ultrapassar a marca de mil: são 1.044, a mais alta desde 4 de agosto.   

Foram ainda 60.899 novos casos de coronavírus Sars-CoV-2, totalizando 8.256.536 os diagnósticos positivos desde o início da crise sanitária. Com isso, a média móvel de contágios nos últimos sete dias continua em crescimento e atingiu um novo recorde, chegando a 55.626.   

O estado de São Paulo continua sendo o que registra mais casos e mortes em números absolutos, 1.577.119 e 48.985, respectivamente.   

Analisando os números de contaminados por estados, na sequência, aparecem Minas Gerais (611.152), Santa Catarina (529.389), Bahia (518.955) e Rio Grande do Sul (490.980).   


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Nos óbitos, o Rio de Janeiro aparece na segunda colocação (27.241), seguido por Minas Gerais (12.894), Ceará (10.189) e Pernambuco (9.919). (ANSA).   

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel