Esportes

Brasil tem cinco casos de Covid na véspera da estreia no Mundial de handebol masculino

Seleção tem um jogador e quatro membros da comissão técnica infectados, que ficarão 14 dias em isolamento. Equipe verde e amarela estreia nesta sexta-feira, contra a Espanha

Brasil tem cinco casos de Covid na véspera da estreia no Mundial de handebol masculino

A Seleção Brasileira masculina de handebol teve cinco baixas por Covid-19 às vésperas da estreia no Campeonato Mundial, que começa nesta quarta-feira e vai até o dia 31, no Cairo, no Egito. Somente um é jogador, o goleiro Ferrugem. Os demais são membros da comissão técnica.

A equipe verde e amarela está desde o dia 28 de janeiro em Rio Maior, em Portugal, em um estágio de treinamento organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB). O local tem recebido diversos atletas brasileiros durante a pandemia. Para o lugar de Ferrugem, a comissão técnica convocou Bombom, do Toulouse, da França. Os contaminados permanecerão em quarentena.

“A Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) informa que cinco integrantes da seleção masculina de handebol, em preparação para o Mundial do Egito, apresentaram resultado positivo para COVID-19 em exame PCR realizado no último dia 6, em Rio Maior (Portugal).

Assintomáticos, um atleta e quatro membros da comissão técnica se encontram isolados do restante da delegação desde então e, seguindo os protocolos determinados pelas autoridades locais, permanecerão assim por 14 dias, quando serão novamente testados.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

Devido aos casos positivos registrados e visando preservar a saúde de todos os profissionais envolvidos na preparação, os demais integrantes passaram por novo PCR antes do embarque para o Cairo, em 13 de janeiro”, disse a CBHb.

O Brasil estreia no Mundial na sexta-feira, às 14h (de Brasília), contra a Espanha. O time terá ainda pela frente no grupo Polônia e Tunísia. Os três melhores avançam à segunda fase e carregam os resultados da primeira fase. O embarque deve acontecer somente na quarta-feira, após novos exames.

A Seleção já havia sofrido dois desfalques por lesão: Matheus Francisco e Gabriel Ceretta. Guilherme Borges e José Luciano foram chamados para seus lugares.

Veja também

+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Jogadora de Call of Duty de 19 anos, é assassinada a facadas em São Paulo
+ Em entrevista Andressa Urach relembra episódio em que praticou zoofilia
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cataratas do Niágara congelam e as imagens são incríveis
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica