Istoé em Tóquio

Veja como o Brasil pode bater o recorde de medalhas na próxima semana da Olimpíada

Delegação brasileira ainda conta com favoritos aos pódios que não estrearam nesta edição dos Jogos e modalidades perto de garantir medalhas

Crédito: Reprodução/Instagram

Seleção masculina de vôlei é forte candidata a medalha (Foto: Divulgação) (Crédito: Reprodução/Instagram)


O Brasil faturou oito medalhas na primeira metade da Olimpíada de Tóquio e já pode pensar em se aproximar do recorde de 19 pódios conquistados nos Jogos do Rio, em 2016. A delegação brasileira ainda conta com favoritos ao pódio em dez modalidades, como futebol, skate e com atletas que nem estrearam ainda.

+ COI confirma que pódio com Rayssa Leal é o mais jovem da história

+ Gustavo Kuerten comemora bronze de Laura e Luisa: ‘Vitória histórica’

+ Em meio à Olimpíada, Tóquio supera recorde de covid-19

No futebol masculino, a Seleção Brasileira está a uma vitória sobre o México para garantir ao menos uma medalha de prata na modalidade. Na ginástica artística, o Brasil já conseguiu um pódio inédito com Rebeca Andrade, que ainda participará de mais duas finais – no salto e no solo – onde é favorita.

As quatro duplas brasileiras de vôlei de praia, duas masculinas e duas femininas, estão nas oitavas de final. Na categoria dos homens, contudo, apenas uma medalha é possível, por causa do chaveamento. Evandro e Bruno Schimidt podem enfrentar Alisson e Álvaro nas quartas de final.

No boxe, o Brasil já garantiu ao menos o bronze com Abner Teixera e ainda pode levar mais três pódios com Wanderson Oliveira, Hebert Conceição e Beatriz Ferreira. Os três pugilistas precisam vencer apenas mais uma luta para garantir medalhas em suas respectivas categorias.

Quem também tem chance de medalha é o canoísta Isaquias Queiroz, que rema em duas provas na Olimpíada de Tóquio. Na Rio 2016, o baiano conquistou duas pratas nas mesmas categorias. E o skate, que já trouxe duas medalhas nesta edição na modalidade street, ainda conta com seis atletas no park. Entre eles estão a vice-campeã mundial Yadiara Asp e os medalhistas em mundiais Pedro Barros, Luiz Francisco e Pedro Quintas.

Na vela, a dupla formada por Martine Grael e Kahena Kunze está no segundo lugar da classificação geral e empatadas em pontos com as líderes da competição. A regata decisiva acontece na madrugada desta segunda-feira, às 02h. Por fim, a nadadora Ana Marcela é uma das favoritas para chegar ao pódio da Maratona Aquática. A atleta já foi eleita seis vezes a melhor do mundo na competição, mas nunca conquistou uma medalha olímpica.

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio