Por Carol Purificação, repórter da Coluna

O conflito israelo-palestino, iniciado em outubro de 2023, já dura cinco meses e conta com mais de 32,5 mil mortos, segundo dados do Ministério de Saúde de Gaza. Durante todo esse período, conforme dados do Itamaraty solicitados pela Coluna, o Governo brasileiro doou às populações atingidas, por meio da Agência Brasileira de Cooperação, 190 purificadores de água portátil; kits de medicamentos e insumos para emergências em saúde; 30 mil kg de refeições desidratadas nutricionais; e 2.505 kg de alimentos.

Além disso, o Brasil mantém doações à Agência das Nações Unidas para os Refugiados da Palestina que devem chegar a mais de R$ 2 milhões neste ano. Criada em 1949, a agência da ONU desenvolve ações sociais, como educação, saúde e moradia, destinadas a palestinos na Faixa de Gaza, Cisjordânia, Jordânia, Síria e no Líbano.